Domingo, 4 de Março de 2007

Conclusão do Blog

E pronto. Assim terminam quatro semanas árduas, nas quais fizemos o nosso melhor para termos um Blog merecedor de passar à fase final. Queremos agradecer a toda a nossa turma, que sempre nos apoiou, à nossa professora de Português, a professora Sandra Diogo, que nos ajudou a criar todo o conteudo aqui presente e a toda a nossa escola, que nos deu apoio moral e tecnologico, cedendo espaço e materiais para a filmagem da nossa entrevista.
Bem, mesmo que nós não ganhemos, acreditamos que o tempo gasto na criação deste Blog não foi desperdiçado, porque nós sempre nos divertimos a escrever o conteudo e aprendemos mais sobre as novas tecnologias.
Esperamos ainda que todos aqueles que virem este Blog compreendam a grande obra de Gil Vicente, entre a qual, o "Auto da Barca do Inferno".
sinto-me:
música: Gato Fedorento - Rap dos Matarruanos

publicado por smarties2 às 22:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

Os Óculos de Gil Vicente

Ao assistir à peça "Auto da Barca do Inferno" de Gil Vicente, a meu lado estava um senhor, mais velho do que eu. Era um pouco estranho, talvez até misterioso. Mais tarde viria a descobrir que era o encenador da peça.

            Esta estava prestes a chegar ao intervalo, quando ele me diz: "As obras de Gil Vicente são como um par de óculos...", enquanto limpava os seus. Percebi nesse momento que, no meio de todas aquelas pessoas, este homem era o único que percebia realmente o sentido da peça. Fiquei a pensar qual seria a sua intenção ao dizer aquela misteriosa frase, sem nunca ter coragem para lhe perguntar o seu verdadeiro significado.

            Quando cheguei a casa, deitei-me na cama a olhar para o tecto a pensar. Várias foram as hipóteses que me surgiram, mas nenhuma me parecia ser correcta. Desisti, pois naquele dia já não conseguia pensar mais.

            No dia seguinte acordei mais cedo do que o habitual. Não conseguia deixar de pensar no que acontecera. Fui para a Biblioteca Municipal, na qual iria passar o dia todo no meio de livros a procurar algo que me fizesse perceber aquela enigmática frase. Após horas de pesquisa, estava quase a desistir de tudo, triste e derrotada por não ter conseguido a resposta que tanto procurava.

            Foi na saída que encontrei um velho de óculos com um aspecto estranho e misterioso... Era ele... O velho do teatro! Tinha passado aqueles dois dias sempre a pensar no mesmo, não hesitei, aproximei-me e sentei-me na cadeira ao lado. Simplesmente ignorou-me, mas eu ganhei coragem e finalmente perguntei-lhe: "Desculpe, ainda se lembra de mim? Ficou ao meu lado na peça de Gil Vicente...e disse que as obras eram como uns óculos. Tenho pensado nisso desde ontem e ainda não a consegui perceber."

            Finalmente olhou-me fixamente quando disse: "Sabes, por vezes, por muito que uma pessoa reflicta acerca de um determinado assunto não o consegue entender. É como nesta sociedade, as pessoas já não se conseguem abstrair das coisas supérfluas para se concentrarem nas verdadeiramente importantes da vida. Era isto que Gil Vicente procurava transmitir através das suas obras."

             Eu continuava sem perceber e voltei a questionar: "Mas o que é que isso tem a ver com óculos?".

             Ele respondeu com sabedoria: "Para que servem os óculos?"

            Tirei o meu papel da mochila e li a definição que tinha copiado do dicionário: "Óculos – Dispositivos ópticos utilizados para a compensação de ametropias e/ou protecção dos olhos."

            Ele respondeu-me com um ar satisfeito: "É isso, tal como os óculos nos ajudam a ver melhor, as peças de Gil Vicente também nos fazem ver a sociedade de uma maneira mais verdadeira. É por isso que me dedico a encenar as suas obras."

Eu levantei-me, despedi-me dele e fui para casa, vendo o mundo de uma forma diferente, mais real.

 

Smarties2

 


 

Fontes:

Gil Vicente - Wikipédia. Acedido em 28 Fevereiro, 2007. Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gil_Vicente

 

Gil Vicente. Acedido em 8, Fevereiro, 2007. APRENDER PORTUGUÊS http://pwp.netcabo.pt/0511134301/vicente.htm

 

sinto-me:
música: Gwen Stefani - The Sweet Escape

publicado por smarties2 às 12:05
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

Reportagem sobre "Auto da Barca do Inferno"

A ansiedade era impossível de disfarçar. Estavam prestes a entrar em cena os actores que protagonizariam a mais recente peça de Gil Vicente, "Auto da Barca do Inferno", primeira parte daquela que virá a ser a trilogia das barcas, segundo o autor. O tema desta peça e das que a seguirão é simples, uma prefiguração do que acontece às almas depois de abandonarem a vida terrena. Após a morte, serão levadas para um braço de mar, onde se encontram duas barcas: a barca do Inferno, e a barca da Glória. Mediante os pecados cometidos em vida, as almas embarcarão na sua respectiva barca.

 

O título deve-se ao facto de todas as personagens tipo, já que representam uma classe social escolherem sempre visitar primeiro a barca com melhor aspecto, a Barca do Inferno, gerida pelo temível e sarcástico Diabo. Só depois de confrontadas com o seu destino (ir para o Inferno) é que visitam a barca da Glória, apesar de terem entrada proibida pelo justo e sereno Anjo. Poucas são as almas salvas, vendo-se assim o estado em que está a sociedade.

 

            Em conversa com Gil Vicente, este referiu: "Faço esta peça com o objectivo de moralizar toda a nossa sociedade, que com todos os seus pecados, não promete ir muito longe..."

 

(Gil Vicente)

 

            Quem também estava um pouco nervoso era Leonardo, actor amador que teve nessa noite a sua estreia na produção teatral, no papel de Fidalgo. Este desempenhou-o muito bem, apesar das “gaffes”, algo naturais devido ao nervosismo. Mas com uma estreia tão bem conseguida, de certeza que terá grande sucesso na sua carreira teatral, que desejamos longa.

 

            Durante a estreia, o público ouviu com atenção todas as falas das personagens, e muitas vezes a sua reacção foi o riso, quer fosse pelas piadas ditas pelo Parvo que ridicularizava os tripulantes da Barca dos Tolos, nome que dava à Barca do Inferno, ou pela cantoria do Frade, que com a sua Florença se dirigia à Barca da Glória.

 

No final da peça todos partilhavam a mesma opinião, já que ninguém ficou desiludido com a brilhante performance dos actores.

 

            Espera-se que o impacto da obra na sociedade seja tão arrebatador quanto a peça.

(O Diabo indica ao Fidalgo o seu destino)




Fontes:

Gil Vicente - Wikipédia. Acedido em 28 Fevereiro, 2007. Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gil_Vicente

 

Gil Vicente. Acedido em 8, Fevereiro, 2007. APRENDER PORTUGUÊS http://pwp.netcabo.pt/0511134301/vicente.htm


 


 

sinto-me:
música: Akon featuring Eminem - Smack That

publicado por smarties2 às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Lista de Obras de Gil Vicente

Fica aqui a lista completa de obras escritas por Gil Vicente, um pouco atrasada:

  • Auto do vaqueiro ou Auto da visitação (1502)
  • Auto pastoril castelhano (1502)
  • Auto dos Reis Magos (1503)
  • Auto de São Martinho (1504)
  • Quem tem farelos? (1505)
  • Auto da Alma (1508)
  • Auto da Índia (1509)
  • Auto da Fé (1510)
  • O velho da horta (1512)
  • Exortação da Guerra (1513)
  • Comédia do viúvo (1514)
  • Auto da Fama (1516)
  • Auto da barca do inferno (1517)
  • Auto da barca do purgatório (1518)
  • Auto da barca da glória (1519)
  • Cortes de Júpiter (1521)
  • Comédia de Rubena (1521)
  • Farsa de Inês Pereira (1523)
  • Auto pastoril português (1523)
  • Frágua de amor (1524)
  • Farsa do juiz da Beira (1525)
  • Farsa do templo de Apolo (1526)
  • Auto da nau de amores (1527)
  • Auto da História de Deus (1527)
  • Tragicomédia pastoril da Serra da Estrela (1527)
  • Farsa dos almocreves (1527)
  • Auto da feira (1528)
  • Farsa do clérigo da Beira (1529)
  • Auto do triunfo do Inverno (1529)
  • Auto da Lusitânia, intercalado com o entremez Todo-o-Mundo e Ninguém (1532)
  • Auto de Amadis de Gaula (1533)
  • Romagem dos Agravados (1533)
  • Auto da Cananea (1534)
  • Auto de Mofina Mendes (1534)
  • Floresta de Enganos (1536)


Lista retirada de:

Gil Vicente - Wikipédia. Acedido em 13 Fevereiro, 2007. Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gil_Vicente

 

sinto-me:
música: Guns n' Roses - Welcome to the Jungle

publicado por smarties2 às 22:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Fevereiro de 2007

Entrevista a Gil Vicente - Video

Aqui está o video da entrevista feita a Gil Vicente:


sinto-me:
música: Shakira - Illegal

publicado por smarties2 às 22:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Entrevista a Gil Vicente


Gil Vicente, grande dramaturgo, foi trazido ao nosso tempo graças a uma maquina do tempo para lhe fazermos uma entrevista exclusiva.



Smarties2 - Boa Tarde.

Gil Vicente - Boa tarde.

S2 - O que queria mostrar à sociedade quando escreveu as suas obras?

GV - Queria mais que tudo, mostrar os vários vícios horrorosos que assolavam a sociedade quilhentista. Quantas vezes não vi um padre de mãos dadas com uma companheira... Eu queria expor todos esses problemas com a esperança de que o povo mudaria.

 

S2 - Considera-se o Pai do Teatro português?

GV - Claro que não posso dizer que eu fui o criador do teatro português! Ainda a minha mãe não era nascida, já havia manifestações teatrais por todo Portugal, desde celebrações regionais, até teatros religiosos como os mistérios, dramatizações da vida de Jesus.

 

S2 - Achava mesmo que as suas obras podiam moralizar a sociedade?

GV - Esse era o principal objectivo das minhas obras... Mas como se pode ver, o povo Português nunca aprendeu, o que me deixa muito triste, porque um povo tão glorioso como o nosso, que já passou por tantos problemas, de certeza que seria ainda maior não fossem os seus defeitos.

 

S2 - Pode-nos dizer o seu segredo para cativar o público?

GV - Eu apenas escrevia o melhor que podia. Nunca esperei ter tanto sucesso como tenho. E pensar que tudo começou com aquele Monólogo do Vaqueiro, imaginado para celebrar o nascimento do então futuro rei D. João III de Portugal.

 

S2 - Várias pessoas hoje em dia pensam que além de Dramaturgo, seria também um talentoso ourives. O que é que responde a essas insinuações?

GV - Bem, eu não vou dizer muito. Acho que a resposta fica ao encargo dos Biógrafos, que com tanto empenho estudam a minha vida.

 

S2 - Se vivesse hoje em dia, que tipo de obras escrevia? Continuava a criticar a sociedade de uma forma cómica?

GV - Acho que hoje em dia a forma de apresentação do meu trabalho, por meio de representações teatrais não teria muito sucesso. No entanto, se fizesse um programa naquilo que vocês chamam de televisão, tenho a certeza que teria sucesso (a exemplo de vários humoristas actuais), e matéria para tal.

 

S2 - Porque pensa que tantos anos depois de escritas, as suas obras continuam a ser encenadas?

GV - Penso que, apesar da distância temporal que marca as minhas obras, elas continuam a ser e sempre serão actuais, porque (infelizmente) existirão sempre os problemas descritos nas minhas obras.

 

S2 - Por fim, tem alguma mensagem para dar a todos os seus fãs?

GV - Sim. Aconselho a todos a continuar a assistir a peças de teatro, não só as minhas, pois não há duvidas que o teatro é a suprema arte da representação.


S2 - Muito obrigado por este momento.

GV - De nada. Sempre ao dispor.





Fontes:

Gil Vicente - Wikipédia. Acedido em 13 Fevereiro, 2007. Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gil_Vicente


Teatro de Gil Vicente. Acedido em 13 Fevereiro, 2007. Citi.pt

http://www.citi.pt/gilvicenteonline/index.html

 


 

sinto-me:
música: Justin Timberlake - My Love

publicado por smarties2 às 22:19
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Biografia de Gil Vicente

 Não se sabe quando nem onde Gil Vicente nasceu, havendo várias teorias para a sua naturalidade, entre as quais que nasceu em Guimarães, Barcelos, ou até Lisboa. Quanto a datas, provavelmente entre 1465 e 1475. No entanto quando ocorreram as festividades oficiais comemorativas do quicentenário do nascimento do dramaturgo, 1465 foi a data apontada para o seu nascimento.
Para além de Dramaturgo há muitas pessoas que o apontam de ser ourives e autor da famosa Custodia de Bélem, devido ao facto de em quase todas as suas obras usar termos técnicos de ourivesaria, como relatado no documento de Teófilo Braga, "Gil Vicente, Embargos à fantasia".
Teve duas mulheres, a primeira, Branca Bezerra, da qual teve dois filhos, e Melícia Rodrigues, da qual teve três filhos entre os quais Luís Vicente, que organizou a compilação das suas obras.

(apresentação do monólogo do vaqueiro)


A sua primeira obra foi "Monólogo do Vaqueiro", representada nos aposentos da rainha D. Maria, para celebrar o nascimento do príncipe (o futuro D. João III). Este é apontado por muitos como o marco de partida da história do teatro português, com Gil Vicente como pai. Ao longo do resto da sua carreira como dramaturgo, Gil Vicente publicou mais de 30 autos, farsas e comédias, entre as quais, "Auto da Índia" e "Farsa de Inês Pereira", parodiando a sociedade da sua época em muitas ocasiões, com base no lema latino "Ridendo Castigat mores" (a rir se corrigem os costumes) mas tendo sempre a protecção da rainha D. Leonor contra a Inquisição.

A sua última obra, "Floresta de Enganos" é apresentada em 1536, data a partir da qual não há mais nenhum registo de Gil Vicente.

O seu legado é grandioso e é uma grande inspiração para vários artistas e escritores.




 
Fontes:

 

Gil Vicente. Acedido em 8, Fevereiro, 2007. APRENDER PORTUGUÊS http://pwp.netcabo.pt/0511134301/vicente.htm

 

 

Gil Vicente - Wikipédia. Acedido em 8 Fevereiro, 2007. Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gil_Vicente

sinto-me:
música: Red Hot Chilly Peppers - Snow (Hey Oh)

publicado por smarties2 às 20:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

O nosso Colégio

Esta é a nossa escola, o Colégio Conciliar Maria Imaculada em Leiria.

E este é o nosso blog.

Aqui vamos falar (lógico) do "Auto da Barca do Inferno" de Gil Vicente!

Esperemos que gostem do conteudo que vamos afixar durante as próximas semanas.

 

Já nos esqueciamos! Este blog vai participar no concurso Sapo Challenge, e temos uma equipa, que passamos a apresentar:

Os SMARTIES2!

Ricardo Silva

Idade: 14 anos

Hobbies: passar a vida à frente do computador, jogar videojogos e ouvir música.

 

Músicas Favoritas: Nirvana - Heart-Shaped Box; Guns N' Roses - November Rain

Quando for grande quer ser: ainda não tenho a certeza, mas qualquer coisa na área de Economias.

Mais informações: Adora jogar Mario e outros videojogos e é o lider do grupo.

Rafael Matos



Idade: 14 anos.

Hobbies: Jogar videojogos, ouvir música e ir ao cinema.

 

Músicas Favoritas: David Guetta ft. The Egg - Love don't let me go; Bob Sinclar - Rock this Party

Quando for grande quer ser: Programador Informático

Mais informações: Gosta de misturar músicas

Sofia Bravo


Idade: 15 anos

Hobbies: Ouvir música, ir ao cinema, estar com os amigos

 

Músicas Favoritas: Eminem ft. 50 cent; Red Hot Chilly Peppers - Snow (Hey Oh)

Quando for grande quer ser: Engenheira do Ambiente

Mais informações: Gosta de jogar Badminton


Inês Adriana



Idade: 14 anos

Hobbies: Ouvir música, ir ao cinema, estar com os amigos

 

Músicas Favoritas: Moulin Rouge Soundtrack - El Tango de Roxanne; Queen - Bohemian Rhapsody

Quando for grande quer ser: Investigadora

Mais informações: Toca Piano


Marta Mourão


Idade: 14 anos e meio

Hobbies: Ouvir música, ir ao cinema, estar com os amigos

 

Músicas Favoritas: Nina Sinão - Mr Gonjles; Tracy Chapman - Telling Stories

Quando for grande quer ser: Arqueóloga

 

Mais informações: Tem um gato chamado Patrick

sinto-me:
música: U2 - Window In The Skies

publicado por smarties2 às 16:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Conclusão do Blog

. Os Óculos de Gil Vicente

. Reportagem sobre "Auto da...

. Lista de Obras de Gil Vic...

. Entrevista a Gil Vicente ...

. Entrevista a Gil Vicente

. Biografia de Gil Vicente

. O nosso Colégio

.arquivos

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds